estorninhos

A espécie invasora que derrubou um avião e outras histórias

Começou pelo amor a Shakespeare, mas terminou numa tragédia bem real  70 anos depois.

Eugene Schieffelin era um farmacêutico de Nova Iorque e o seu sonho era introduzir na América do Norte todas as espécies de aves mencionadas nas peças do dramaturgo inglês. Em 1890 libertou 60 estorninhos europeus em Central Park, iniciando uma das mais trágicas invasões biológicas do país. As aves multiplicaram-se rapidamente, esgotando os recursos disponíveis. Os seus dejectos, produzidos em grande quantidade, foram a causa de várias doenças infecciosas.

Mas estas não seriam as consequências mais graves: em 1960, um grupo de dez mil estorninhos atravessou-se na rota de um voo comercial, que se despenhou, causando a morte a 62 pessoas.

Esta é uma das histórias que podemos encontrar nesta lista de 2010 da Time sobre algumas introduções de espécies exóticas em habitats pelo mundo inteiro, e que demonstram como as melhores das intenções podem ter resultados desastrosos.

 

imagens:
topo – estorninhos –paul.mcgreevy (alguns direitos reservados)
no texto –  captura de ecrã do artigo na Time.com

 

Etiquetas:, , , , , ,