Ficha Técnica

Autoria:

A maioria dos conteúdos (informação escrita, fotografias e outras imagens) incluídos nesta página são da autoria ou resultam de pesquisa (devidamente referenciada) dos elementos da equipa responsável pelo Invasoras.pt.

No entanto, há a referir a participação importante de colaboradores exteriores a esta equipa, nomeadamente:

Equipa do projecto LIFE+ Terras do Priolo e do Grupo da Biodiversidade dos Açores na elaboração de parte das fichas das espécies que ocorrem no Arquipélago dos Açores.

Na cedência de fotografias:

António Pestana (Designer) – Ageratina adenophora

Albano Figueiredo (Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra) – Clethra arborea

Cristina Medeiros (Parque Natural da Madeira, Divisão de Conservação da Natureza) – Ageratina adenophora

Direção Regional dos Recursos Florestais (Açores) – Gunnera tinctoria, Hedychium gardnerianum

Fernando Pereira (Universidade dos Açores) – Opuntia ficus-indica, Salpichroa organifolia, Ulex europaeus, Cyrtomium falcatum e Drosanthemum floribundum

Francisco Carrapiço (Centro de Biologia Ambiental, Universidade de Lisboa) – Azolla filiculoides

João Neves – Spartina densiflora

Lísia Lopes (Universidade de Aveiro, Departamento de Biologia) – Azolla filiculoides, Eichhornia crassipes, Myriophyllum aquaticum, Cotula coronopifolia

Pedro Arsénio (Instituto Superior de Agronomia) – Cotula coronopifolia

Manuel José Jesus (Parque Natural da Madeira)  – Ageratina adenophora

Ruben Heleno (Centro de Ecologia Funcional, Universidade de Coimbra) – Hedychium gardnerianum

Silvia Castro (Centro de Ecologia Funcional, Universidade de Coimbra) – Oxalis pes-caprae

 

Na partilha de informação:

Francisco Caetano (Formador em Eng. Florestal) – parte da informação sobre os métodos de controlo de plantas invasoras (Menu “Como controlar”) é da sua autoria.

 

A informação disponibilizada no menu “notícias > invasoras nos media” resulta da compilação de informação de outras fontes as quais são sempre referidas.

 

Concepção gráfica de esquemas:

Os esquemas incluídos no glossário ilustrado e nas atividades para colorir foram concebidos por Espectro Publicidade e Comunicação

 

Concepção do mapa de avistamentos e aplicação para smartphone:

 

Uso de informação:

Qualquer trabalho ou publicação que seja baseada na totalidade, ou em parte, em informação desta página de internet deve citar “Plantas invasoras em Portugal” como a fonte de informação, tal como indicado abaixo.

 

Rigor dos conteúdos:

A equipa de “Plantas invasoras em Portugal” faz todos os esforços para disponibilizar informação correta e mantê-la atualizada. No entanto, não tem forma de garantir que toda a informação é correta, se mantém atualizada e completa.

Se encontrar alguma informação incorreta, desatualizada ou incompleta, por favor, contacte-nos para: invader@ci.uc.pt

 

Como citar:

Para citar a página, por favor use:

Plantas invasoras em Portugal (http://invasoras.pt/). Consultado em XX/XX/20XX.

 

Para citar dados específicos da página, por favor use (por exemplo):

Plantas invasoras em Portugal (2013) Acacia dealbata. Disponível em http://invasoras.pt/gallery/acacia-dealbata/. Consultado em XX/XX/20XX.

 

(onde “Plantas invasoras em Portugal” é usado para referir a equipa do projeto “Plantas Invasoras: uma ameaça vinda de fora” (Media Ciência N.º 16905), envolvida no desenvolvimento desta página de internet)

 

Financiamento:

Os conteúdos e ferramentas iniciais desta página, assim como actividades associadas, foram desenvolvidos em 2013 no âmbito do projecto “Plantas Invasoras: uma ameaça vinda de fora”, co-financiado pela UE/FEDER, através do QREN (Programa Factores de Competitividade — COMPETE) e por fundos nacionais através da Ciência Viva — Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica [Ref: n.º 16905]. Depois de 2013, foram sendo criados novos conteúdos, realizadas actualizações, e desenvolvidas acções de divulgação relacionadas com os conteúdos da página no âmbito dos projectos INVADER-B (PTDC/AAG-REC/4607/2012) e INVADER-IV (PTDC/AAG­REC/4896/2014) e do Projecto Estratégico do Centro de Ecologia Funcional (co-financiados pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, COMPETE, POCI e FEDER).

logo UC (1)       logo ver2_png

FCT_V_corFundo Br_Logos_Corlogo_cv

As fichas de parte das espécies que ocorrem no Arquipélago dos Açores foram elaboradas no âmbito do projecto LIFE+ Terras do Priolo (LIFE12 NAT/PT/000527; financiado ao abrigo do programa LIFE da Comissão Europeia), com a colaboração do Grupo da Biodiversidade dos Açores.

spea life logo_site_1395837746ABG_q_Coreslogo cE3c Cores fundo transparente

This post is also available in: Inglês