Guia_page1

Guia de plantas invasoras disponível online

Já está disponível online, em formato digital (gratuito), o “Guia Prático para a Identificação de Plantas Invasoras em Portugal”, publicado em Abril do ano passado. A versão impressa já não está disponível para envio por se encontrar quase esgotada.

Além de plantas invasoras, este guia prático inclui também outras plantas exóticas casuais e naturalizadas com potencial invasor, e espécies que revelam já comportamento invasor em situações mais ou menos pontuais no nosso país.

Importa então distinguir estes 3 tipos de plantas. Plantas casuais (representadas no guia pelo perfil amarelo) são espécies exóticas que se reproduzem esporadicamente sem a intervenção do Homem, podendo manter pequenas populações para além das áreas onde foram plantadas. Plantas naturalizadas (representadas a cor-de-laranja) correspondem a espécies exóticas que se reproduzem e mantém populações ao longo de vários ciclos de vida, sem que para isso seja necessária a intervenção do Homem. Por sua vez, as plantas invasoras (representadas a vermelho) são espécies naturalizadas que produzem descendentes férteis frequentemente em grande quantidade e os dispersam muito para além das plantas-mãe, muitas vezes com impactes negativos a diversos níveis.

mioporoaster       mimosa2mimosa

O Guia assinala ainda, de entre as espécies invasoras, aquelas que se encontram listadas como invasoras pelo Decreto-Lei n.º 565/99, de 21 de dezembro. Para a elaboração do guia foi realizada uma análise de risco, de acordo com um protocolo adaptado do Australian Weed Risk Assessment, estando o valor obtido representado no perfil de cada espécie, num triângulo no cimo da página.

As espécies presentes no Guia encontram-se organizadas de acordo com o seu portes (i.e., árvores e arbustos, ervas, suculentas, trepadeiras e ervas aquáticas) e, em cada secção, por ordem alfabética do nome científico. Cada ficha de espécie inclui informação detalhada sobre a mesma, nomeadamente, características de reconhecimento, nomes científico e vulgar, área de distribuição nativa e em Portugal, fotografias identificativas, etc.

Além das fichas de espécies, o Guia inclui ainda uma introdução ao tema das invasões biológicas, uma chave de identificação para ajudar a distinguir as acácias presentes no Guia e, no final, um glossário ilustrado que permite esclarecer o significado de alguns termos menos comuns associados à descrição das espécies.

Ficaram interessados? Podem consultar o guia em versão digital, aprender a identificar as plantas invasoras e ajudar a mapear as suas localizações no mapa de avistamentos, quer seja no site quer através da app Android.

Etiquetas:, ,