guia cover post tiltshift

Quem quer o Guia de Identificação de Plantas Invasoras?

Foi apresentado no passado dia 19 de Junho de 2014 o “Guia Prático para a Identificação de Plantas Invasoras em Portugal”, da autoria de Hélia Marchante, Maria Morais, Helena Freitas e Elizabete Marchante. A apresentação contou também com a presença do director da Imprensa da Universidade de Coimbra, Delfim Ferreira Leão. No evento estiveram mais de 90 pessoas.

Este livro surge no seguimento do “Guia Prático para a Identificação de Plantas Invasoras em Portugal Continental”, publicado em 2008. Os conteúdos foram revistos e aumentados, sendo agora incluído um maior leque de espécies de plantas invasoras, entre as quais algumas presentes nos arquipélagos dos Açores e da Madeira. Adicionalmente, foram realizadas análises de risco para as espécies apresentadas.

 

No dia da apresentação, realizámos um  pequeno inquérito durante a apresentação para saber qual das espécies apresentadas no livro causava mais surpresa e que espécie a assistência via mais no seu dia-a-dia. Os resultados foram os seguintes:

 Que espécie não esperava encontrar no guia?
Hydrangea macrophylla (hortense); Populus alba (choupo-branco); Cercis siliquastrum (olaia)

Que planta invasora vê mais no dia-a-dia?
Acacia dealbata (mimosa); Oxalis pes-caprae (azedas); Ailanthus altissima (espanta-lobos)

 

A versão impressa deste Guia esteve disponível para distribuição até Março de 2016. Actualmente já temos poucos exemplares disponíveis mas o Guia continua a estar disponível para download (versão .PDF) aqui.

O guia é uma edição da Imprensa da Universidade de Coimbra, e foi co-financiado pela UE/FEDER, através do QREN (Programa Factores de Competitividade — COMPETE) e por fundos nacionais através da Ciência Viva — Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica, pelo que a sua distribuição é gratuita.

Etiquetas:, , , , ,

    Comments

    1. Andre
      Junho 25th

      tem versao digital?

      • Caro André,

        Está prevista uma edição digital, mas para já ainda não está disponível. Quando estiver, anunciaremos aqui no site.

        • Olá!
          Chamo-me Esmeralda
          A questão das invasoras cada vez me preocupa mais. Moro em Mafra e vejo que que as acácias, os pampas, os espanta lobos e os chorões juntos às praias, cada vez ganham mais terreno. Será que ainda é possível obter, adquirir um exemplar do Guia?
          digam-me por fazer o que fazer para o obter.

          Obrigada

          Abraço
          Esmeralda

          • Elizabete Marchante
            Dezembro 5th

            Boa tarde,

            Pedimos desculpa pela longa demora a responder, mas estas mensagens passaram-nos despercebidas.
            Obrigada pelo interesse na nossa publicação. Talvez já não esteja interessada no guia, mas, se continuar interessada, pode enviar-nos um envelope de correio verde (com o seu nome e morada preenchido no lugar do destinatário) no interior de um envelope normal; e remeter este último para:
            Hélia Marchante
            Departamento de Ambiente • Escola Superior Agrária • Instituto Politécnico de Coimbra
            Bencanta • 3045-601 Coimbra

            Quando recebermos o seu “envelope normal” abrimos e devolvemos o “envelope de Correio Verde” com o exemplar do Guia no interior. Pedimos que verifique as dimensões do envelope de forma a garantir que cabe o Guia (dimensão aproximada: 11,5 x 18 cm x 1,5 cm – o envelope tem que ser alguns cm maior já que o guia tem 1,5 cm de espessura).

            Se tem conhecimento da localização de invasoras, sugerimos que as registe no nosso mapa em: http://invasoras.pt/mapa-de-avistamentos/ :)

            Cumprimentos,
            Elizabete Marchante

    2. Tendo em conta o nº elevado de pedidos, o envio do “Guia Prático para a Identificação de Plantas Invasoras em Portugal” deverá demorar algum tempo. Pedimos a vossa paciência :)

      • Margarida Alves
        Março 31st

        Gostaria de ter um exemplar deste livro. É possível?

        • Elizabete Marchante
          Dezembro 5th

          Boa tarde,

          Pedimos desculpa pela longa demora a responder, mas estas mensagens passaram-nos despercebidas.
          Obrigada pelo interesse na nossa publicação. Talvez já não esteja interessada no guia, mas, se continuar interessada, pode enviar-nos um envelope de correio verde (com o seu nome e morada preenchido no lugar do destinatário) no interior de um envelope normal; e remeter este último para:
          Hélia Marchante
          Departamento de Ambiente • Escola Superior Agrária • Instituto Politécnico de Coimbra
          Bencanta • 3045-601 Coimbra

          Quando recebermos o seu “envelope normal” abrimos e devolvemos o “envelope de Correio Verde” com o exemplar do Guia no interior. Pedimos que verifique as dimensões do envelope de forma a garantir que cabe o Guia (dimensão aproximada: 11,5 x 18 cm x 1,5 cm – o envelope tem que ser alguns cm maior já que o guia tem 1,5 cm de espessura).

          Cumprimentos,
          Elizabete Marchante

      • Elizabete Marchante
        Dezembro 5th

        Boa tarde,

        Pedimos desculpa pela longa demora a responder, mas estas mensagens passaram-nos despercebidas.
        Obrigada pelo interesse na nossa publicação. Talvez já não esteja interessada no guia, mas, se continuar interessada, pode enviar-nos um envelope de correio verde (com o seu nome e morada preenchido no lugar do destinatário) no interior de um envelope normal; e remeter este último para:
        Hélia Marchante
        Departamento de Ambiente • Escola Superior Agrária • Instituto Politécnico de Coimbra
        Bencanta • 3045-601 Coimbra

        Quando recebermos o seu “envelope normal” abrimos e devolvemos o “envelope de Correio Verde” com o exemplar do Guia no interior. Pedimos que verifique as dimensões do envelope de forma a garantir que cabe o Guia (dimensão aproximada: 11,5 x 18 cm x 1,5 cm – o envelope tem que ser alguns cm maior já que o guia tem 1,5 cm de espessura).

        Cumprimentos,
        Elizabete Marchante

    3. Boa noite, sou de Sintra e tenho 34 anos. Quero sentidamente louvar e agradecer a vossa excelente e inteligente iniciativa. Na minha opinião, valendo ela o que vale, trata-se de um enorme contributo para: Os POUCOS que ainda se interessam pela natureza sem ter objectivos de protagonismo ou económicos e que achem que o saber não ocupa lugar, e para, Infelizmente a maioria dos casos a educação da cambada de ignorantes, avarentos e arrogantes incenseis e imorais, que matam ou mandam matar tudo o que não deviam. O maior problema que constantemente me deparo é com a falta de civismo e de sensibilização ambiental da população, alem dos lucrativos interesses instalados…
      Sendo irónico termino dizendo que vivemos num pais do “fica bem”… fica bem ter relvados que gastam a agua que um dia precisaremos para beber e não a teremos… fica bem ter uns pauzinhos de castanheiro ou de oliveira a arder na lareira no inverno juntamente com uns molhos de raminhos de azevinho a decorar as portas de casa no natal. Enquanto uma minoria muito escassa anda no dia a dia assim que pode, refundida mente a apanhar os escassos rebentos das nossas espeçies arboricas que escaparam por vezes todos danificados, á limpeza apressada dos “bons técnicos” de jardinagem orientados pelos “bons engenheiros responsáveis” de mãos nos bolsos e óculos escuros. Para depois os colocar em vasos e cuidar até ao próximo inverno, para as plantar em zonas de difícil acesso com a esperança que estas possam crescer á vontade.

      • invasoras
        Julho 8th

        Olá Fernando,

        mudar hábitos é sempre difícil e o nosso objectivo é chamar a atenção para este problema para contribuir para um ambiente melhor.

        Para isso contamos com todos para nos ajudar a espalhar a mensagem e a sensibilizar quem não tem consciência dos impactes das plantas invasoras em Portugal.

        Obrigado pela participação e fique atento a mais novidades do invasoras.pt.

    4. Pedro Costa
      Julho 31st

      Olá,
      ´
      Gostaria antes de mais de agradecer a iniciativa. Eu também vou pedir um exemplar, mas gostava de saber se em vez do envelope que indicam, 162x229mm posso enviar um almofadado, também correio verde de 175x265mm?

      Cumprimentos,

      • Hélia Marchante
        Novembro 27th

        Boa tarde,

        Pedimos desculpa pela demora, mas o comentário passou-nos despercebido. Se ainda não enviou, pode enviar um envelope almofadado, sim.

        Cumprimentos,
        Elizabete Marchante

    5. Alberto Simões
      Julho 2nd

      Bom dia,
      Fico muito grato pela rapidez da entrega (em quatro dias) do Livro “Plantas Invasoras em Portugal”.

      • Boa tarde,

        Não tem o que agradecer:) Tentamos sempre devolver nos dias seguintes a ter recebido o envelope.

        Cumprimentos,
        Elizabete

    6. Desde Fevereiro de 2015 está também disponível a versão digital do guia :) Podem aceder a partir do link em http://invasoras.pt/guia-_plantas_invasoras_disponivel_online/

    7. Azucena Marques
      Março 24th

      Boa tarde,
      Como faço para receber o Guia de Identificação de Plantas Invasoras?

      • Elizabete Marchante
        Dezembro 5th

        Boa tarde,

        Pedimos desculpa pela longa demora a responder, mas estas mensagens passaram-nos despercebidas.
        Obrigada pelo interesse na nossa publicação. Talvez já não esteja interessada no guia, mas, se continuar interessada, pode enviar-nos um envelope de correio verde (com o seu nome e morada preenchido no lugar do destinatário) no interior de um envelope normal; e remeter este último para:
        Hélia Marchante
        Departamento de Ambiente • Escola Superior Agrária • Instituto Politécnico de Coimbra
        Bencanta • 3045-601 Coimbra

        Quando recebermos o seu “envelope normal” abrimos e devolvemos o “envelope de Correio Verde” com o exemplar do Guia no interior. Pedimos que verifique as dimensões do envelope de forma a garantir que cabe o Guia (dimensão aproximada: 11,5 x 18 cm x 1,5 cm – o envelope tem que ser alguns cm maior já que o guia tem 1,5 cm de espessura).

        Cumprimentos,
        Elizabete Marchante

    8. Maria Ramos
      Março 24th

      Sim eu quero um para mim

      • Elizabete Marchante
        Dezembro 5th

        Boa tarde,

        Pedimos desculpa pela longa demora a responder, mas estas mensagens passaram-nos despercebidas.
        Obrigada pelo interesse na nossa publicação. Talvez já não esteja interessada no guia, mas, se continuar interessada, pode enviar-nos um envelope de correio verde (com o seu nome e morada preenchido no lugar do destinatário) no interior de um envelope normal; e remeter este último para:
        Hélia Marchante
        Departamento de Ambiente • Escola Superior Agrária • Instituto Politécnico de Coimbra
        Bencanta • 3045-601 Coimbra

        Quando recebermos o seu “envelope normal” abrimos e devolvemos o “envelope de Correio Verde” com o exemplar do Guia no interior. Pedimos que verifique as dimensões do envelope de forma a garantir que cabe o Guia (dimensão aproximada: 11,5 x 18 cm x 1,5 cm – o envelope tem que ser alguns cm maior já que o guia tem 1,5 cm de espessura).

        Cumprimentos,
        Elizabete Marchante

    9. Marisa
      Março 25th

      Bom dia, Gostaria de saber o que devo fazer para receber o guia das Plantas invasoras em Portugal. Obrigada.

      • Elizabete Marchante
        Dezembro 5th

        Boa tarde,

        Pedimos desculpa pela longa demora a responder, mas estas mensagens passaram-nos despercebidas.
        Obrigada pelo interesse na nossa publicação. Talvez já não esteja interessada no guia, mas, se continuar interessada, pode enviar-nos um envelope de correio verde (com o seu nome e morada preenchido no lugar do destinatário) no interior de um envelope normal; e remeter este último para:
        Hélia Marchante
        Departamento de Ambiente • Escola Superior Agrária • Instituto Politécnico de Coimbra
        Bencanta • 3045-601 Coimbra

        Quando recebermos o seu “envelope normal” abrimos e devolvemos o “envelope de Correio Verde” com o exemplar do Guia no interior. Pedimos que verifique as dimensões do envelope de forma a garantir que cabe o Guia (dimensão aproximada: 11,5 x 18 cm x 1,5 cm – o envelope tem que ser alguns cm maior já que o guia tem 1,5 cm de espessura).

        Cumprimentos,
        Elizabete Marchante

    10. Filipe Lopo
      Setembro 7th

      Castanheira de Pera, 07-09-2016
      Boa tarde.
      Os meus parabéns pelo “Guia prático para a identificação de Plantas Invasoras em Portugal”.
      só hoje tive conhecimento da sua existencia, sabendo que há poucos exemplares em livro.
      No entanto, desejo solicitar-vos o favor de me informarem de como poderei obter um dos exemplares do guia.
      O meu endereço de email é:
      filipelopo@sapo.pt

      Com os melhores cumprimentos,

      Filipe Lopo

      • Elizabete Marchante
        Dezembro 5th

        Boa tarde,

        Pedimos desculpa pela longa demora a responder, mas estas mensagens passaram-nos despercebidas.
        Obrigada pelo interesse na nossa publicação e pelos parabéns :) Talvez já não esteja interessada no guia, mas, se continuar interessada, pode enviar-nos um envelope de correio verde (com o seu nome e morada preenchido no lugar do destinatário) no interior de um envelope normal; e remeter este último para:
        Hélia Marchante
        Departamento de Ambiente • Escola Superior Agrária • Instituto Politécnico de Coimbra
        Bencanta • 3045-601 Coimbra

        Quando recebermos o seu “envelope normal” abrimos e devolvemos o “envelope de Correio Verde” com o exemplar do Guia no interior. Pedimos que verifique as dimensões do envelope de forma a garantir que cabe o Guia (dimensão aproximada: 11,5 x 18 cm x 1,5 cm – o envelope tem que ser alguns cm maior já que o guia tem 1,5 cm de espessura).

        Cumprimentos,
        Elizabete Marchante

    11. Gostaria de ter o guia das plantas invasoras. Como posso adquirir?

      • Elizabete Marchante
        Janeiro 23rd

        Boa tarde,

        Pedimos desculpa pela demora a responder, mas não nos apercebemos do comentário. Obrigada pelo interesse na nossa publicação. O livro está disponível online em: https://issuu.com/plantasinvasoras/docs/guia_plantas__invasoras_em_portugal
        Se (ainda) estiver interessada na versão em papel, pode enviar-nos um envelope de correio verde (com o seu nome e morada preenchido no lugar do destinatário) no interior de um envelope normal; e remeter este último para:
        Hélia Marchante
        Departamento de Ambiente • Escola Superior Agrária • Instituto Politécnico de Coimbra
        Bencanta • 3045-601 Coimbra

        Quando recebermos o seu “envelope normal” abrimos e devolvemos o “envelope de Correio Verde” com o exemplar do Guia no interior. Pedimos que verifique as dimensões do envelope de forma a garantir que cabe o Guia (dimensão aproximada: 11,5 x 18 cm x 1,5 cm – o envelope tem que ser alguns cm maior já que o guia tem 1,5 cm de espessura).

        Cumprimentos,
        Elizabete Marchante