Sobre

Educação, deteção e ação

O nosso objetivo é alertar para o problema das invasões biológicas, dar a conhecer as plantas invasoras a nível nacional e estimular a participação ativa do público quer no mapeamento destas espécies quer em atividades de controlo e divulgação.

Criámos perfis completos das espécies consideradas invasoras no território nacional, e fornecemos ferramentas e informação que se pretendem úteis para quem lida com este problema, sejam gestores de áreas com problemas de invasão, membros da comunidade científica ou outros interessados pelo tema.

Disponibilizamos também materiais de apoio para atividades de educação ambiental, para professores e grupos informais de ação.

Este trabalho é desenvolvido no âmbito do projeto “Plantas Invasoras: uma ameaça vinda de fora” (Media Ciência N.º 16905, co-financiado pela UE/FEDER, através do QREN (Programa Factores de Competitividade — COMPETE) e por fundos nacionais através da Agência Nacional Ciência Viva) e surge na sequência das tarefas de divulgação dos projetos Invader e Invader II, pioneiros sobre a problemática das plantas invasoras em Portugal, e do projeto Ciência Viva “Divulgação sobre Espécies de Plantas Invasoras em Portugal”. Após o término do projecto “Plantas Invasoras: uma ameaça vinda de fora”, no final de 2013, o site e actividades associadas são desenvolvidas no âmbito do projecto INVADER-B e do Projecto Estratégico do Centro de Ecologia Funcional (co-financiados pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, COMPETE e FEDER).

Fundo Br_Logos_Corciencia vivaFCT_V_cor

Os conteúdos presentes resultam da parceria, com mais de uma década, entre investigadores da Escola Superior Agrária de Coimbra e do Centro de Ecologia Funcional da Universidade de Coimbra, que desenvolvem investigação na área das invasões biológicas.

This post is also available in: Inglês