Iª acção de voluntariado em caiaque para controlo de invasoras aquáticas

1ª acção de voluntariado em caiaque para controlo de invasoras aquáticas

Nas últimas duas décadas extinguiram-se várias espécies de plantas aquáticas em Portugal e o Baixo Mondego foi uma das áreas que mais espécies aquáticas perdeu, entre elas estão várias  plantas emblemáticas com valor ornamental  e esperamos ainda ir a tempo de evitar a perda de mais umas.  Montemor-o-Velho, tem, já há alguns anos problemas sérios com o jacinto-de-água (Eichornia crassipes) no Rio Velho e este ano foi detectado também mais a montante, na área do Poço da Cal (e um pouco mais a montante), onde existem os últimos exemplares de nenúfar-amarelo (Nuphar luteum) conhecidos actualmente em toda a bacia hidrográfica do Mondego.

Assim sendo, e uma vez que a a partir desta época, o jacinto-de-água começa a crescer a partir dos fragmentos que sobreviveram ao inverno, é a a melhor altura para fazer a remoção manual de todos os fragmentos, enquanto são poucos, evitando que venham a cobrir áreas grandes e matem os únicos exemplares de nenúfar amarelo detectados actualmente no Baixo Mondego.

Dia 27 de Abril vai realizar-se a primeira acção de voluntariado em caiaque mobilizando desportistas, clubes, associações e empresas de animação turística, para o controlo de invasoras aquáticas no Baixo Mondego. A acção consistirá na recolha dos fragmentos de jacinto-de-água que estão dispersos pela área com ajuda de caiaques ou outras pequenas embarcações (canoas, bateiras, botes, botes,  jangadas, etc).

Todos os participantes deverão preencher este formulário de inscrição:
https://forms.gle/P6YvrnN5H7KgDMDCA

Recomenda-se:
-Uso de roupa confortável e de secagem rápida;
-Uso de calçado para desportos aquáticos ou galochas (no caso de quem pretenda ajudar a partir da margem);
-Uso de chapéu e protector solar;
-Levar piquenique;

Para quem participar de caiaque é obrigatório saber nadar, uso de colete salva-vidas, o cumprimento das regras de segurança e o seguimento das indicações da organização.

O número de inscrições é limitado.
Quem não tiver caiaque próprio, poderá eventualmente utilizar os caiaques disponibilizados pelas empresas, clubes e associações que participem ou ajudar a partir da margem.

PROGRAMA:
10h00 – Ponto de encontro
10h15 – Início da actividade: Foto de grupo e breve apresentação dos trabalhos;
10h30 – Início da remoção de Jacinto de água;
13h00 – Final das actividades seguida de piquenique;
14h00 – Limpeza do Material e entrega do certificado de participação;

Etiquetas:, , ,